quinta-feira, 31 de março de 2011

Pense nisso.

"Se parares cada vez que ouvires o latir de um cão, nunca chegarás ao fim do caminho."

Provérbio Chinês

sábado, 26 de março de 2011

Somente com camisinha. Nem tente!

Um comercial norte americano bastante inteligente, e engraçado, reforça a necessidade do uso do preservativo. A propaganda ilustra um pênis que busca o prazer. Suas parceiras, as vaginas, quando percebem que ele está sem o preservativo, correm com medo.

Veja a cena:
 

Pense nisso.

"É fácil amar os que estão longe. Mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado." 

Madre Teresa de Calcutá

quarta-feira, 23 de março de 2011

Cineclube Mossoró.

O Cineclube Mossoró terá o prazer em exibir “MÁ EDUCAÇÃO", no dia 26/03 (sábado). ENTRADA FRANCA. A sessão será a partir das 19:00hr, no Hotel Villa Oeste, e após, ocorrerá o costumeiro debate. CENSURA: 18 ANOS.

Release: 

Madri, 1980. Enrique Goded (Fele Martínez) é um cineasta que passa por um bloqueio criativo e está tendo problemas em elaborar um novo projeto. É quando se aproxima dele um ator que procura trabalho, se identificando como Ignacio Rodriguez (Gael García Bernal), que foi o amigo mais íntimo de Enrique e também o primeiro amor da sua vida, quando ainda eram garotos e estudavam no mesmo colégio. Goded recebe do antigo amigo um roteiro entitulado "A Visita", que parcialmente foi elaborado com experiências de vida que ambos tiveram. Goded lê o roteiro com profundo interesse. Este relata as fortes tendências de pedofilia que tinha um professor de literatura deles, o padre Manolo (Daniel Giménez Cacho), que vendo Ignacio e Enrique em atitude suspeita diz que vai expulsar Enrique. Ignacio, sabendo que Manolo era apaixonado por ele, diz que fará qualquer coisa se ele não expulsar Enrique. Então Manolo promete e molesta Ignacio, mas não cumpre a promessa e expulsa Enrique. Goded decide usar a história como base do seu próximo filme e, por causa de um isqueiro, vai até a casa de Ignacio e constata uma verdade surpreendente. 


Título Original:La Mala Educación
Gênero:Drama
Duração:1 hr 45 min
Ano de Lançamento: 2004
Direção: Pedro Almodóvar
Roteiro: Pedro Almodóvar
Produção: Pedro Almodóvar e Agustín Almodóvar


segunda-feira, 21 de março de 2011

A política do pão e circo.


A “política do pão e circo” era estratégia que o governo de Roma usava para que a população não reclamasse e a situação de exclusão e desigualdade não acabasse determinando a realização de revoltas. Para isso o governo romano realizava grandes espetáculos, nos quais a população plebeia gastava parte de seu tempo assistindo a disputas esportivas e a lutas entre os gladiadores. Esta estratégia funcionou muito bem naquele tempo e hoje continua acontecendo. 

Vejamos um, de vários casos, neste século XXI:

A Prefeitura de Guamaré gastou  R$ 280 mil para contratar o show da banda Araketu para o carnaval de 2011. Contratou o cantor Ricardo Chaves que embolsou dos cofres públicos de Guamaré R$ 187.500. 

Em quanto isso, Guamaré está ao Deus dará. Problemas sociais constantes, que me parecem, não serão resolvidos tão cedo. Há pouco tempo uma escola da cidade deixou de funcionar por não pagar a conta de energia elétrica.

Pode isso?! Pode sim. Quem não sabe escolher pelo voto, e até quem não escolheu o prefeito pelo voto, paga o preço do erro. E o valor ó! É muito alto.

Ô povo sem consciência! 

sexta-feira, 18 de março de 2011

Pense nisso.

"Da sensibilidade e inteligência tem-se sempre que pagar ingrato preço." 

João Guimarães Rosa

segunda-feira, 14 de março de 2011

Perder peso usando a inteligência.

Produtos diet e light estão cada vez mais caros e cada vez mais inacessíveis ao consumidor de baixo poder aquisitivo. Talvez seja um dos fatores que leva os consumidores a utilizarem métodos extremamente perigosos a fim de atingirem o peso desejado. A impossibilidade de ter acesso a uma alimentação mais equilibrada, e favorável a dieta, induz a muitos a procurarem meios paliativos com o propósito de contornarem esse problema.

É sabido que muitos iniciam uma dieta contando apenas com os conselhos dos amigos, dos familiares, de revista ou livros. Nem sempre estes conselhos são os mais indicados, o que leva muitas vezes ao aparecimento de doenças que podem ser muito graves. Há casos em que a pessoa fica por várias horas sem comer achando que, se deixar passar uma das refeições, irá diminuir de peso. A estratégia de perder peso dessa maneira tem uma ação inversa fazendo com que seu organismo passe a secretar hormônios que armazenam a energia sob forma de gordura corporal. E é exatamente pelo acréscimo desse hormônio em seu corpo, favorecendo a absorção de gordura, que no fim de tudo não haverá diferença da massa corporal de gordura, porém isso se dará exclusivamente à custa da diminuição da sua massa magra.

Outro fator importante para a diminuição seria a prática de exercícios físicos. Boa parte da população de brasileiros não tem como hábito a prática de exercícios.  Pesquisa realizada em 2010

pelo Ministério da Saúde aponta um aumento no número de pessoas sedentárias no país, ou seja, quem não pratica exercícios físicos regularmente, chegando a 16,4% da população. Esse índice é 24% maior do que o registrado em 2006, quando era de 13,2%. De acordo com o levantamento, apenas 14,7% dos brasileiros adultos se exercitam pelo menos durante 30 minutos diários, cinco vezes por semana. Considerando aqueles que se deslocam para o trabalho ou para escola a pé ou de bicicleta, o índice sobe para 30,8%.” 

A pesquisa relata ainda que um dos motivos do sedentarismo é a troca das práticas físicas pela passividade corporal em assistir a televisão. Segundo o levantamento “25,8% passam de três ou mais horas em frente à TV em cinco ou mais dias da semana.”

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, alerta que os exercícios físicos aliados à boa alimentação podem prevenir doenças crônicas. Temporão acrescenta ainda que a alimentação saudável e regular ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão e câncer.

Pesquisa do Ibope aponta que 40% das mulheres estão "quase sempre tratando de perder quilos". Afinal, nada menos que 80% delas, de acordo com o estudo, acreditam que é importante manter a forma física.

Há muitas pessoas procurando maneiras inusitadas (de alto risco, por sinal) a fim de ficarem nos padrões da moda da sociedade vigente. Convém saber que o caminho a ser trilhado terá que ser o mais harmonioso e trabalhoso possível. Harmonioso por não exceder os limites corporais, o respeito ao corpo é fundamental. Trabalhoso porque, para perder peso, terá que suar. 


Evite as fórmulas mágicas, o elixir encantado.

"Mens Sana in Corpore Sano" (Juvenal, poeta romano).

domingo, 6 de março de 2011

Boa música.

Hoje amanheci lendo alguns textos referentes à boa música. De repente aparece uma manchete fazendo referência ao fim da carreira de Phil Collins. O cantor vai tomar um novo rumo na vida que não é o da música. Vai, agora, ouvir e cantar em outro tom (a do sentido da vida). Em entrevista ao Yahoo Notícia Collins diz que não se enxerga mais na atual indústria musical: "Eu olho para o MTV Music Awards e penso 'não pertenço a esse mundo e não acho que alguém vá sentir a minha falta'. Estou muito mais feliz em sair de cena completamente. Vou sair em um passeio de bicicleta misterioso e nunca mais voltar. Seria uma ótima maneira de terminar essa história, não acha?".

Fui, e ainda sou, amante de algumas músicas do cantor. Suas melodias abrangem, entre outras,  alguns pormenores da vida. Destaco aqui uma que acompanhei  - “Another Day in Paradise” (Outro dia no Paraíso).




Assista ao vídeo da música:

quinta-feira, 3 de março de 2011

Pense nisso.

"Há tantos burros mandando em homens de inteligência que, às vezes, penso que a burrice é uma ciência."

Ruy Barbosa