quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Tempo e prioridade.

Caros amigos(as) que acompanham minhas postagens aqui no blog. Peço desculpas por passar um tempo sem postar por aqui. Meu tempo ficou microscópico, quase não vejo espaço para uma simples postagem. Logo logo estarei retomando os trabalhos novamente. 

Tempo é prioridade, e neste caso não estou priorizando as postagens. Entretanto, irei fazer retomada de publicações no blog assim que aliviar dos meus afazeres. Por enquanto fico por aqui. 

quinta-feira, 26 de junho de 2014

A feiura está nos olhos de quem vê

O padrão de beleza depende muito da cultura de um povo. Há também padrão de época. Por tanto, todos somos bonitos (ou feios) segundo certos padrões em determinado tempo.

Mas é bom lembrar, a feiura está nos olhos de quem vê. Portanto, os feios nem sempre (ou todo sempre) serão feios.


A beleza é sinal de fertilidade e é um diferencial desde os tempos dos homens da caverna. Quem não a possui costuma condenar as mulheres que se aproveitam dela. Mas qual o problema de usá-la a seu favor? 

Para saber mais. leia AQUI

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Empolgados, jogares do Sevilla beijão-se

O fato ocorreu em um caloroso momento. Veja abaixo a reportagem

Jogadores do Sevilla “se empolgam” e dão beijo durante comemoração

Sem querer ou não, Rakitic e Carriço, do Sevilla, se empolgaram durante a comemoração do título da Liga Europa, conquistado nesta quarta-feira, e deram um beijo logo após o croata, capitão do time, levantar o troféu.

Veja a imagem AQUI

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Deus segundo SPINOZA


As palavras abaixo são de Baruch Espinoza - nascido em 1632 em Amsterdã, falecido em Haia em 21 de fevereiro de 1677, foi um dos grandes racionalistas do século XVII dentro da chamada Filosofia Moderna, juntamente com René Descartes e Gottfried Leibniz. Era de família judaica portuguesa e é considerado o fundador do criticismo bíblico moderno. Acredite, essas palavras foram ditas em pleno Século XVII.

DEUS SEGUNDO SPINOZA

"Pára de ficar rezando e batendo o peito! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti.

Pára de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa. Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias. Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti.

Pára de me culpar da tua vida miserável: Eu nunca te disse que há algo mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo mau. O sexo é um presente que Eu te dei e com o qual podes expressar teu amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te fizeram crer.

Pára de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar de teus amigos, nos olhos de teu filhinho... Não me encontrarás em nenhum livro! Confia em mim e deixa de me pedir. Tu vais me dizer como fazer meu trabalho?

Pára de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor.

Pára de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz... Eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio. Como posso te culpar se respondes a algo que eu pus em ti? Como posso te castigar por seres como és, se Eu sou quem te fez? Crês que eu poderia criar um lugar para queimar a todos meus filhos que não se comportem bem, pelo resto da eternidade? Que tipo de Deus pode fazer isso?

Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei; essas são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti.

Respeita teu próximo e não faças o que não queiras para ti. A única coisa que te peço é que prestes atenção a tua vida, que teu estado de alerta seja teu guia.

Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho, nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso. Esta vida é o único que há aqui e agora, e o único que precisas.

Eu te fiz absolutamente livre. Não há prêmios nem castigos. Não há pecados nem virtudes. Ninguém leva um placar. Ninguém leva um registro. Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno. Não te poderia dizer se há algo depois desta vida, mas posso te dar um conselho. Vive como se não o houvesse. Como se esta fosse tua única oportunidade de aproveitar, de amar, de existir. Assim, se não há nada, terás aproveitado da oportunidade que te dei. E se houver, tem certeza que Eu não vou te perguntar se foste
comportado ou não. Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te divertiste... Do que mais gostaste? O que aprendeste?

Pára de crer em mim - crer é supor, adivinhar, imaginar. Eu não quero que acredites em mim. Quero que me sintas em ti. Quero que me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho no mar.

Pára de louvar-me! Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que Eu seja? Me aborrece que me louvem. Me cansa que agradeçam. Tu te sentes grato? Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo. Te sentes olhado, surpreendido?... Expressa tua alegria! Esse é o jeito de me louvar.

Pára de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim. A única certeza é que tu estás aqui, que estás vivo, e que este mundo está cheio de maravilhas. Para que precisas de mais milagres? Para que tantas explicações? Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro... aí é que estou, batendo em ti."

Einstein, quando perguntado se acreditava em Deus, respondeu: “Acredito no Deus de Spinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe, e não no Deus que se interessa pela sorte e pelas ações dos homens”.

Fonte: http://www.inricristo.org.br/index.php/pt/curiosidades/informativos-culturais/475-o-deus-de-spinoza (com alterações).



sábado, 22 de março de 2014

Ranking das empresas mais reclamadas

Procon de Mossoró divulga lista do ranking das empresas mais reclamadas no ano de 2013.


RELAÇÃO DAS EMPRESAS MAIS RECLAMADAS DE 2013

1º ItauCard/HiperCard/Itaú – 140 reclamações;

2º Operadora Oi – 99 reclamações;

3º Ivan Nunes de Castro Assistência Técnica (Samsung, Philco, Philips, Mondial, AOC, Lennox, Malory) – 90 reclamações;

4º Operadora Claro/Embratel – 79 reclamações;

5º Banco Bradesco (Saúde, financiamento, seguro, cartão) – 75 reclamações;

6º Operadora Tim – 69 reclamações;

7º CrediCard – 66 reclamações;

8º Banco BMG – 52 reclamações;

9º Atacadão dos Eletrodomésticos – 51 reclamações;

10º Lojas Rabelo/Dricos Móveis e Eletrodomésticos LTDA – 51 reclamações;

11º Lojas Insinuante – 51 reclamações;

12º Laser Eletro/Master Eletrônica de Brinquedos – 51 reclamações;

13º Magazine Luiza/FS Vasconcelos Cia LTA/Lojas Maia – 44 reclamações;

14º Sky – 44 reclamações;

15º Americanas.com, Submarino e ShopTime – B2W – 40 reclamações.


RESULTADOS DE RECLAMAÇÕES FUNDAMENTADAS E SIMPLES CONSULTAS
- Total de atendimentos/Reclamações fundamentadas – 2.514;

1. Resolvido – 1.541;

2. Encaminhado/Não atendidas – 644;

3. Desistente/Não fundamentada – 313;

4. Consulta Fornecida – 16;

- Total (casos solucionados) – 61,29%;

- Total (casos não solucionados) – 25,61%;

- Desistente (resolvido extra Procon) – 12,45%;

- Consulta fornecida – 0,51%;

- Simples consulta (não computada) – 374;

- Total geral de atendimentos – 2888;

Fonte: http://www.defato.com/noticias/33074/procon-de-mossora-divulga-ranking-de-empresas-mais-reclamadas-em-2013

sábado, 1 de março de 2014

O tempo e as jabuticabas

Sempre que é possível, quando me resta um pouco de tempo, costumo ler alguns artigos, ou mesmo, coluna do escritor Rubem Alves. Admiro sua facilidade em produzir textos e dá vida a eles. Em alguns, sinto estar presente naquelas palavras, como se fossem feitos exclusivamente para meu deleite. Em outros, me vejo no futuro e gozando daquelas dicas. 

Para esta postagem escolhe um bem interessante.


O TEMPO E AS JABUTICABAS


Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquela menina que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ela chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço. Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados. Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte. Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos. Não participarei de conferências que estabelecem prazos fixos para reverter a miséria do mundo. Não quero que me convidem para eventos de um fim de semana com a proposta de abalar o milênio. Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir estatutos, normas, procedimentos e regimentos internos. Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos. Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões de 'confrontação', onde 'tiramos fatos a limpo'. Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral. Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: 'as pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'. Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa... Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados, e deseja tão somente andar ao lado do que é justo. Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo.' O essencial faz a vida valer a pena.


Rubem Alves

domingo, 16 de fevereiro de 2014

É possível viver sem mistério? (Marcelo Gleiser)

Marcelo Gleiser é professor de física e astronomia do Dartmouth college, em Hanover (EUA). Escreve para a Folha há algum tempo. Nesta coluna (link abaixo) o autor fala sobre o crescimento da visão ateísta, cita alguns autores renomados e fala um pouco sobre o tema.

Marcelo Gleiser é autor de diversos livros, entre os quais:
  • A Dança do Universo - Editora Companhia de Bolso 
  • O Fim da Terra e do Céu; O Apocalipse na Ciência e na Religião - Editora Cia. das Letras 
  • Micro Macro; Reflexões sobre o Homem, o Tempo e o Espaço - Publifolha – 2005 
  • Minhas Reflexões sobre o Homem, o Tempo e o Espaço - Publifolha – 2007 
  • Poeira das Estrelas - Editora Globo - 2006
É possível viver sem mistério?

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Universidade de Aveiro: “Um campus que pensa”.

Aqui na Universidade o respeito aos estudos é fundamental.

Estou alojado em um setor no qual ficam os apartamentos dos alunos. Sala pequena e confortável, com escrivaninha e uma lâmpada (abaju), um local para se deitar (necessário, claro!), uma janela que dá acesso visual a uma parte da universidade (foto abaixo).

No prédio onde ficam os apartamentos há aquecedores, um espaço (cozinha) para o lanche, banheiros (social) e uma TV (pouco usado pelos inquilinos). Neste local é perceptível, nas noites quando estou recolhido ao alojamento, o quanto se respeita o silêncio. Não se percebe sons de TV, rádios, ou celulares ligados. O silêncio é reinante neste ambiente; os alojamentos femininos e masculinos ficam no mesmo prédio, acessível por uma escada ou mesmo entre blocos contíguos. Entretanto, é cada qual nos seus quartos. Não há incômodos de gente conversando alto, sorrindo ou mesmo conversando sobre a vida do outro. Parece-me que a lei do silêncio aqui é seguida à risca. Em conversa, no refeitório, com um aluno (brasileiro) da pós-graduação desta instituição, perguntei sobre o porquê de tanto silêncio. O mesmo me respondeu que a lei do ‘evitar o barulho’, nas noites ou em horários de estudos, é exigida à risca. “Aqui”, disse ele, “se não for cumprido, você cai fora” (ipsi liter). Resumindo o que nosso colega falou em linguajar mais brasileiro ainda: “é cada um no seu quadrado”. O silêncio (sepulcral), muitas vezes, é quebrado pelo barulho da chuva ou do vento (mesmo que a noite seja sem chuva o silêncio é reinante). 

O que venho a destacar é o quanto se usa da tranqüilidade noturna, ou matutina e de leis rígidas do bom convívio (pelo menos nesta situação, acadêmica). Um ambiente aconchegante para estudos, aquecido e protegido do ambiente exterior (muito frio). Coisa que, em algumas instituições de ensino (em se falando de respeito para o momento do descanso e estudo), onde convivem alunos residentes no RN (pelo menos nos quais conheço) não se percebe isso.

Nos horários de atividades, na semana, as pessoas estão ocupadíssimas, parecem que todos estão atarefados e buscam manter tudo dentro dos prazos. Há grupos de alunos ou de professores conversando (ou mesmo de alunos e professores) em parte específica da universidade. Não sei informa o que cada um poderia estar parlamentando (como dizia Lampião, no país de Mossoró), mas, provavelmente – e já sabendo como eles se comportam no dia a dia desta instituição - é possível que não seja sobre futebol, ou sobre a cachaça do fim de semana, ou mesmos as orgias da noitada.

A Universidade de Aveiro (Portugal), localizada em uma cidade pacata (com pontos turísticos que dá gosto aos olhos de quem aprecia, local onde uma faixa de pedestre tem valor inestimável; e com um ambiente propício para estudos) deixa valer a frase na qual está registrada em um letreiro no bloco da reitoria: “Universidade de Aveiro, um campus que pensa”. O verbo “pensar” faz jus, a meu ver, a um ambiente propício para tal. Aqui o povo não perde tempo com excessivas conversas. Todos andam rápido (hora por conta da chuva, ou do frio, hora por querer contribuir para uma universidade pensante) e, me parece, que eles tentam “com unhas e dentes” fazer valer a frase aqui citada. A meu ver, talvez exista “encucado” (registrado na mente) em cada estudante desta Universidade um lema contínuo e forte dizendo assim: “Estamos dispostos a ensinar. E você, está disposto a aprender?”.

Eu, mesmo não ouvido este anuncio intermitente (porque não encontrei em mim esta forma de dedicação, talvez por não ter sido ‘cutucado’ da forma correta - ou mesmos estudado em uma instituição de cultura européia – que também não sei nem se todas têm esta visão de estudo - fico aqui com a orelha em pé (digo, com vontade perceptiva e receptiva) tentando captar esse som...

Aqui, para mim, é “o paraíso”... Acho que, quando morrer, vou pedir ao ‘Santo específico das causas particulares’ para que me deixe em Aveiro, principalmente alojado nos apartamentos (ou apertamentos) da Universidade de mesmo nome. Quanto a minha família, em Mossoró, tentarei contato com a senhora oportunidade: “a Capes”, para que faça um jeitinho (brasileiro) para que eles deem uma “voltinha” por aqui. Claro, eles terão que ser supervisores do PIBID de Química da UERN.

O texto também poderá ser lido AQUI com adaptações.

Fotos:

Apartamento

Apartamento

Letreiro no prédio da reitoria

Reitoria

Parte da Universidade de Aveiro

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Uma copa muito cara para nossos bolsos.

Enquanto, na boca e na mente de boa parte dos brasileiros, se fala na Copa de 2014 o governo deixa de investir dinheiro na saúde e na educação. Um mar de dinheiro público vai para o ralo.

Acompanhe a matéria AQUI

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Governo não cumpre acordo e os trabalhadores em educação deflagram a greve.

Foto extraída do site do Tribuna do Norte


Os trabalhadores da rede estadual deflagraram greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia geral da categoria realizada na manhã desta terça-feira (28) na escola Winston Churchil. O motivo para a paralisação é o descumprimento por parte do governo dos acordos firmados em 2013.

Veja noticiário  AQUI


Em Mossoró, foi marcado uma assembléia para quinta feira. 

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Aplausos e meu respeito ao senhor Dr. Herval Sampaio.



Aplausos e meus respeito ao senhor Dr. Herval Sampaio (Juiz de Direito e Juiz Eleitoral). Vem, dentro da lei, com segurança e coerência, aplicando sentença condenatória a ex-prefeita (afastada) Cláudia Regina e a governadora (afastada) Rosalba Ciarlini. 

O juiz vem enfrentando os poderosos da família Rosado. Não ficando escondido debaixo das rabicholas dos políticos do RN. Vem colocar moral nos coronéis (politiqueiros). Vem mostrar também que Mossoró não pode mais ser capacho e nem Casa-da-mãe-joana de politiqueiros ("coronéis" do RN).

Avante seu juiz, pois aqui têm pessoas que estão apoiam.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

COMPERVE divulga concorrência do Processo Seletivo Vocacionado 2014

COMPERVE divulga concorrência do Processo Seletivo Vocacionado 2014

A Comissão Permanente do Vestibular (COMPERVE/UERN) divulga a concorrência do Processo Seletivo Vocacionado 2014 (PSV 2014), no qual são ofertadas 2.180 vagas nos cursos de graduação da UERN. “Neste processo, dos 25.355 inscritos, tiveram suas inscrições confirmadas pela COMPERVE 15.198 candidatos.

Com 1.657 candidatos inscritos, o curso de Medicina - 2º semestre lidera a concorrência geral, com 127,46 candidatos por vaga. A segunda opção de curso mais concorrida é Medicina - 1º semestre, com 114,15 candidatos por vaga. Em terceiro lugar aparece Odontologia, do Campus de Caicó, com 53,77 candidatos por vaga.

Na cota social, o curso mais concorrido foi o de Odontologia, com 25,60 candidatos por vaga, seguido de Medicina - 2º semestre, com 24,06 candidatos por vaga, e o terceiro foi o curso de Enfermagem 2º semestre (Campus Avançado de Pau dos Ferros), com 21,61 candidatos por vaga.

Confira a informação na íntegra e a lista AQUI

Baixe a lista de concorrência AQUI

Humor - "Espanta" com as particularidade das capitais.

O humorista Espanta começou a carreira artística em 1991, no Rio Grande do Norte. Em 1997, se mudou para o Ceará. Com 15 anos de carreira, o humorista fazia apresentações em casas de shows, teatros e programas de TV de todo o Brasil. Faleceu vítima de um acidente de carro em 24/11/2006 nas BR 304 Açu. 

Aqui, neste vídeo, registra-se mais uma apresentação do artista no RN.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Genoíno precisa de dinheiro.E aí, vai encarar?

QUEM VAI desembolsar um dinheirinho para CONTRIBUIR com O Genoíno? Vocês o conhecem? É aquele que desviou dinheiro público (fez um sorrateiro desvio de dinheiro)!  Pois é, a família fez um site só para arrecadar dinheiro para a conta do rapaz (foto abaixo). Um valor estimado em R$ 667.513,92. Pelo que vi no site ele já conseguiu R$ 295.257. Quem quiser ajudá-lo, fique a vontade e procure o site.


Resultado do Concurso Público da Prefeitura de Mossoró

Site da Comperve - Núcleo Permanente de Concurso - UFRN divulga resultado do Concurso Público da Prefeitura de Mossoró.

Acompanhe abaixo, no site, as pontuações para cada cargo:

Concurso Público da Prefeitura de Mossoró --> AQUI

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Raio atinge mulher, fotógrafo capta imagem.

Fotógrafo capta o momento em que raio atinge uma pessoa. O fato ocorreu em Guarujar, litoral de São Paulo.

Veja a matéria AQUI

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Professor participa de Programa de Desenvolvimento Profissional em Portugal

Professor da UERN participa de Programa de Desenvolvimento Profissional em Portugal

Está no site da UERN (abaixo)

O professor Lindeberg Ventura de Sousa, do Departamento de Química da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), participa no período de 01 a 29 de fevereiro do Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores em Portugal (PDPP), na Universidade de Aveiro.

Segundo o chefe do Departamento de Química da UERN, Gonzaga de Oliveira Matias, a coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) selecionou bolsistas supervisores integrantes do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) para participarem de cursos de desenvolvimento profissional na Universidade de Aveiro com o objetivo de valorizar os bolsistas supervisores que atuam na rede pública da educação básica. Lindeberg Ventura de Sousa também é Professor do Centro Educacional Integrado Professor Eliseu Viana, em Mossoró.

Os participantes do Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores em Portugal (PDPP), na Universidade de Aveiro, vão vivenciar uma experiência de desenvolvimento profissional em outro país e compartilhando as metodologias de ensino e avaliação desenvolvidas durante o curso com os bolsistas supervisores do PIBID.

Veja site UERN

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

“Por uma vida melhor”... Então, o que você acha?

Rola pela net uma polêmica ocorrida em 2011 referente ao livro, “Por uma vida melhor”, adotado pelo Ministério da Educação (MEC). O livro, escrito pelos autores Heloisa Ramos, Claudio Bazzoni e Mirella Cleto, destinado à Educação de Jovens e Adultos, faz referência, em um dos capítulos, a duas normas da língua: uma formal (ensinado na escola) e a outra informal (nas experiências do dia a dia, o linguajar das ruas).

O ponto central desta secção é sobre o preconceito linguístico. O trecho que gerou polêmica faz parte do capítulo “Escrever é diferente de falar”.

Na secção denominado “concordância entre palavras”, os autores discutem a existência de variedades do português falado que admitem que substantivo e adjetivo não sejam flexionados para concordar com um artigo no plural.

Veja alguns exemplos: “Nós pega o peixe”, ou ainda, “os menino pega o peixe”

O blog irá apresentar alguns pontos de vistas a favor e contra esta obra. Assim, você poderá ter sua opinião e não ficar com somente um ponto de vista.


Bom Dia Brasil - Alexandre Garcia comenta sobre livro aprovado pelo MEC -> (Contra)


Ministério da Burrice. -> (Contra)

Cesar Callegari, do CNE, fala da polêmica sobre o livro "Por uma Vida Melhor" (a favor)

Entrevista com o professor Ataliba Castilho sobre o livro (a favor)

Ministro da Educação defende livro de português que causou polêmica

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Mapa da coleta de lixo em Mossoró

A prefeitura de Mossoró oferece em seu site um mapa da coleta domiciliar de lixo. O mapa traz em sua legenda destaques em cores sobre os horários para cada bairro. Acesse abaixo o site da prefeitura e o site da coleta domiciliar.

Link: Coleta domiciliar

Link da Prefeitura de Mossoró

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Congresso esconde lista detalhada de salários (super salários).



Deu no Congresso em Foco:


A Câmara e o Senado escondem sua folha de pagamentos detalhada, com o nome e o respectivo salário de cada um dos 594 senadores e deputados, além dos mais de 20 mil servidores. Dois pedidos feitos peloCongresso em Foco foram negados pela assessoria de imprensa das duas Casas e pelas centrais de atendimento ao cidadão do Legislativo.

Veja a matéria, na íntegra AQUI

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

De olho no que passou.

Em um dos programas do Jô (Jô Soares), exibido 05/04/2012 pela Rede Globo, ele entrevista Regina Bittar, aquela que faz a voz do tradutor (da língua portuguesa) do Google. Assista a entrevista abaixo: